PT: MP-SP faz ataque político a Haddad

0

O PT criticou pesado o Ministério Público de São Paulo (MP-SP), que ofereceu nova denúncia contra Fernando Haddad, vice na chapa presidencial do partido. Em nota assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, presidente da sigla, a denúncia “é mais uma prova do engajamento político e partidário de setores da instituição escandalosamente vinculados ao PSDB”.

“É a segunda denúncia fabricada contra Haddad em apenas uma semana, e mais uma vez a partir de antigas delações mentirosas, negociadas pelos promotores com um corrupto confesso, que já foi desmentido oito vezes. É o mesmo tipo de ataque feito ao companheiro Luiz Inácio Lula da Silva, com os mesmos objetivos: lançar acusações frívolas, sem qualquer fundamento, para alimentar manchetes na imprensa, especialmente na Rede Globo”, diz.

O processo contra o ex-prefeito de São Paulo tem como base a delação premiada do ex-presidente da empreiteira UTC Ricardo Pessoa. De acordo com o delator, a construtora teria pago dívidas da campanha de Haddad à prefeitura da capital paulista em 2012 no valor de R$ 2,6 milhões por meio de caixa 2.

De acordo com a nota do PT, “o companheiro Fernando Haddad tornou-se alvo dessas manobras criminosas desde que foi registrado candidato a vice-presidente pela Coligação ‘O Povo Feliz de Novo'”.

“Além de defender a inocência e a integridade pessoal de Fernando Haddad, o PT irá representar mais uma vez ao Conselho Nacional do Ministério Público para denunciar um promotor que manipula e desonra a instituição. O Brasil não pode aceitar mansamente que instituições de estado sejam utilizadas com objetivos políticos e eleitorais, sem que os autores desse abuso de autoridade sejam devidamente responsabilizados”, continua.

O partido afirma que, “ou o CNMP detém os maus agentes do Ministério Público ou a instituição como um todo responderá perante a sociedade e perante a história por ataques que fragilizam a democracia e desafiam o estado de direito”. “O povo brasileiro sabe de que lado está a verdade”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.