Lindbergh: vice de Bolsonaro quer jogar gasolina na fogueira do ódio

0

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou duramente a tentativa do candidato a vice-presidente de Bolsonaro (PSL), General Hamilton Mourão, culpabilizar o PT pelo atentado sofrido pelo presidenciável do PSL nesta quinta-feira (6), em Juiz de Fora (MG). O general teria acusado, em entrevista a uma revista, o PT de ter envolvimento com o ataque.

“A reação do candidato a vice Mourão é uma tentativa torpe de jogar gasolina na fogueira do ódio e da violência tentando responsabilizar o PT. O PT, que foi vítima de atentados à bala na Caravana de Lula e no Acampamento de Curitiba, repudia a violência e as declarações de Mourão!” criticou Lindbergh em seu perfil no Twitter.

Minutos antes, o senador havia criticado o ataque sofrido por Bolsonaro.

“O episódio ocorrido em Juiz de Fora é gravíssimo e exige apuração rigorosa e imediata. Repudiamos qualquer tipo de violência, democracia é a disputa de ideias e projetos, não de força bruta”, disse.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.