Programa do PT inicia a transição: Lula apoia Haddad

0

Fernando Brito, do Tijolaço – Uma pequena frase – uma cartela, como a gente dizia na edição antiga de TV, antes de passarem a chamar de lettering – marcou, no programa de televisão do PT da tarde de hoje (com o mesmo bom conteúdo do de terça-feira, pois se usa programas novos à noite, em geral), o início da transição, que vai se consumar no dia 11, prazo fatal para a substituição da candidatura recusada pelo TSE, entre Lula e Fernando Haddad.

Você observa, nos destaques da imagem, comparada ao programa de terça (em amarelo), a frase decisiva.

Um simples Lula apoia Haddad que, neste caso, acrescentou apenas um “vice”, que desaparecerá depois, para que os ferozes juízes eleitorais não a proíbam,como vêm fazendo sistematicamente.

Aos apressadinhos, querendo “bombas” televisivas, recomenda-se, outra vez, calma e vagar.

A informação é uma semente, cujo brotamento depende do meio fértil do povo.

Proclamações solenes afastam, mais que aproximam.

O importante é que essa circule, comece a ser falada, vire assunto na venda, no boteco, no ponto do ônibus.

Que vire uma hera, que vai brotando por todo o tecido social.

É nesse em que vão votar, no candidato do Lula, a quem estão impedindo de participar, diretamente, da eleição.

Se é Haddad, Andrade ou o que for, é o “do Lula” e seu nome será bem fácil: 13.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.