Em fim melancólico, Temer não repassou um centavo para mais de 500 programas

0

Faltando três meses para o fim do governo Michel Temer, mais de 500 programas e projetos – dos 1.585 previstos no Orçamento deste ano – ainda não receberam nenhum recurso ao longo do exercício de 2018. Ao todo, 20% desses programas sofrem com falta de recursos desde 2016, quando Temer chegou poder por meio de um golpe parlamentar. Somente neste ano, cerca de R$ 9 bilhões destinados a estas ações deixaram de ser repassados.

Segundo reportagem dos jornalistas Mariana Carneiro e Julio Wiziack, os projetos e programas que sofrem com a falta de recursos vão desde a preservação do patrimônio histórico e natural até a construção de hospitais e barragens e até mesmo a aquisição de medicamentos.

O governo alega que 91% do Orçamento é comprometido com o pagamento de despesas obrigatórias, o que deixa pouca margem para investimentos. Além disso, o ajuste fiscal imposto por Temer também limita o nível de repasses.

Nesta linha até mesmo instituições internacionais das quais o Brasil faz parte estão sem receber os aportes necessários. Pelo menos dez órgãos internacionais, como a FAO e Unido, agências da Organização das Nações Unidas (ONU), não receberam recursos neste exercício.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.