Filho de Bolsonaro volta a falar na facada do pai e discorda de opinião de Villas Bôas

0

Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, participou hoje do primeiro ato de campanha depois do atentado em Juiz de Fora e disse que seu pai “não vai ser eleito por causa de uma facada. Ele tomou a facada porque já estava eleito”.

O deputado estadual também disse que não acredita que o país esteja dividido, como afirmou o general Villas Bôas em entrevista ao Estadão:

“Está mais do que nunca unido em torno do Bolsonaro e vai ser no primeiro turno. Eles queriam matar o meu pai para tirá-lo da disputa”.

CLICK POLÍTICA com informações de Antagonista

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.