LAMENTÁVEL: Toffoli não julgará crimes praticados por Moro em 2018; SAIBA!

0

O futuro presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli, não colocará em pauta, este ano, o julgamento do vazamento, pelo juiz Sérgio Moro, do áudio de uma conversa entre o os ex-presidentes da República Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), interceptado em 2016.

Desde abril de 2018, o caso está pautado no CNJ, mas a atual presidente, Cármen Lúcia, tem postergado o processo desde que o caso chegou ao Conselho.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, Toffoli seguirá os passos da presidente e não pautará processos polêmicos nesse início de mandato.

CLICK POLÍTICA com informações de Jovem Pan

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.