Pró-golpe, Cristovam agora corre o risco de não se reeleger

0

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), que apoiou o golpe contra Dilma Rousseff, corre sério risco de não se reeleger para um novo mandato na Casa. A última sondagem do Datafolha mostrou que as intenções de voto do parlamentar estão em queda, enquanto aumentam as de seus dois principais adversários: Leila do Vôlei (PSB) e Izalci Lucas (PSDB).

De acordo com a pesquisa, Leila tem 22% das intenções de voto, contra 21% do congressista e 20% da tucana. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
As dúvidas de Cristovam quanto à reeleição eram tão grandes que ele pensou em não se candidatar, informou o site Metropolis (DF).

O senador seria o candidato do PDT ao Palácio do Planalto, mas a filiação do ex-ministro Ciro Gomes ao partido, fez Cristovam se filiar ao PPS, em fevereiro de 2016. O congressista, no entant, não conseguiu demonstrar força política para representar a legenda em uma candidatura presidencial.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.