ACREDITE SE QUISER: Raquel Dodge pede arquivamento contra Aécio

0

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu, nesta terça-feira (11), o arquivamento do inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). O mineiro é investigado por, supostamente, ter maquiado dados do Banco Rural para proteger tucanos na CPI dos Correios, entre 2005 e 2006.

Em sua decisão, Dodge afirmou que não há provas contra Aécio, o que vai contra o relatório recente apresentado pela Polícia Federal.

A investigação contra o tucano foi aberta a partir da delação de Delcídio do Amaral, ex-presidente da CPI dos Correios. Na época, Aécio Neves era governador de Minas Gerais.

Em seu depoimento, Delcídio afirmou que a quebra de sigilo do Banco Rural comprometeria membros do PSDB – o que motivou Aécio a manipular os dados da instituição financeira.

Aécio Neves, que é candidato a deputado federal nas eleições deste ano, nega todas as acusações.

O pedido de arquivamento de Raquel Dodge será analisado pelo relator do caso no STF, ministro Gilmar Mendes.

CLICK POLÍTICA com informações de Revista Forum

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.