CORRUPÇÃO NO PARANÁ: Suplente de Álvaro Dias se entrega à polícia

0

O empresário e suplente do senador e candidato à Presidência Álvaro Dias (Podemos), Joel Malucelli, se entregou ao Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do Ministério Público Estadual, nesta sexta-feira (14). Malucelli foi alvo da mesma operação que prendeu o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), e teve a prisão decretada nesta terça (11). As informações são de Estelita Hass Carazzai, da Folha de S.Paulo.

Cai sobre o empresário e político a suspeita de que ele participou de um esquema que fraudou licitações e desviou verbas públicas de um programa de manutenção e abertura de estradas rurais no Paraná, no período entre os anos de 2012 e 2014.

Em áudio obtido pelos investigadores, Malucelli comenta sobre a divisão de lotes com outros empresários, feitos “antes da concorrência”. São mencionados percentuais a serem repassados como “cotas de campanha” e “contrapartidas”. Na avaliação do Gaeco, o material indica “a participação inequívoca do empresário no esquema criminoso”.

A empresa de Malucelli perdeu a concorrência no programa, mas os investigadores suspeitam de que ele tenha atuado por fora, mediante acerto com as empresas vencedoras.

O presidenciável Álvaro Dias divulgou nota, na qual defendeu o combate à corrupção, afirmou que “cada um deve responder por si” e que “não é admissível a tentativa de transferir responsabilidades para quem quer que seja”.

CLICK POLÍTICA com informações de Revista Forum

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.