JUSTIÇA SEM CREDIBILIDADE: Juiz Marcelo Bretas curte posts de Bolsonaro e depois apaga

0

O juiz Marcelo Bretas, que comanda a Lava Jato do Rio de Janeiro, curtiu posts do candidato Jair Bolsonaro (PSL) ao longo de sua campanha e chegou a compartilhar notícias que envolvem o presidenciável. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, ele deletou depois alguns tuítes e negou apoio à candidatura do capitão reformado, bem como a qualquer outro presidenciável.

A matéria diz que, nesta segunda (17), Bretas publicou uma notícia sobre pesquisa eleitoral em que o capitão reformado aparecia na frente com os dizeres: “É chegada a hora da decisão. Participemos todos do processo eleitoral. Informe-se e escolha seus candidatos”. E que “em agosto, ele curtiu uma publicação do próprio candidato em que exaltava o sistema educacional na Coreia do Sul”.

“Entendo que, ao ‘curtir’ uma postagem, apenas manifesto minha concordância com determinado tema ou proposta, sem que isso represente um apoio a qualquer candidato. Eventualmente apoio ideias, mas não pessoas ou candidatos”, justificou o juiz, acrescentando que é “livre para ‘curtir’ postagens, inclusive de candidatos a cargos políticos”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.