VÃO PRA CADEIA? Temer, Moreira e Padilha devem depor em processo sobre suposta organização criminosa

0

O juiz Vallisney de Oliveira, juiz da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, convocou Michel Temer como testemunha em um processo que investiga se uma suposta organização criminosa agiu na Petrobras. Além do emedebista, Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, e Moreira Franco, de Minas e Energia, também foram arrolados, bem como o empresário Joesley Batista. As informações são de Camila Bomfim, no G1. Todos devem ser ouvidos pelo juiz.

Temer poderá ser ouvido por escrito ou mandar as respostas sem precisar comparecer pessoalmente para depor. Nesse processo, amigos de Temer e políticos do MDB são réus por organização criminosa.

De acordo com o juiz de Brasília, citações aos nomes de Temer, dos ministros e de Joesley fizeram com que ele resolvesse pela necessidade dos depoimentos. Por isso, ouvi-los é “imprescindível”.

“A par de que o MPF e o réu Rodrigo Rocha Loures, além de outros denunciados em suas respectivas respostas, fazem referências ao Exmo. Senhor Presidente da República, Michel Temer, bem como os ministros Wellington Moreira Franco, Eliseu Padilha e, ainda, a Joesley Batista, também tenho como imprescindíveis seus testemunhos (do juízo), em data a ser designada para depois da oitiva das testemunhas da acusação”, escreveu o magistrado.

CLICK POLÍTICA com informações de Revista Fórum

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.