DESRESPEITO: Fãs de Bolsonaro chamam mulheres de esquerda de “cadelas”

0

Reportagem de Adriana Moyses no RFI.

Uma manifestação pró-Jair Bolsonaro, a “Marcha da Família”, realizada neste domingo (23) no bairro de Boa Viagem, em Recife, mais uma vez ofendeu as mulheres.

O refrão dizia: “Dou para CUT pão com mortadela e, para as feministas, ração na tigela. As minas de direita são as top mais belas, enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela”. Apesar do tom preconceituoso e insultante em relação às mulheres, a pedagoga Elissandra Cunha, de 43 anos, presente na passeata, disse não se incomodar.

“O Brasil precisa mudar e ele é a esperança de um país renovado. Sou mulher, sou professora e voto em Bolsonaro. Eu entendo essas acusações de que ele é grosseiro com as mulheres como uma manobra dos outros”, afirmou Elissandra.

A universitária Karen, estudante de geografia na Universidade Federal de Pernambuco, de 22 anos, também no cortejo, declarou que Bolsonaro defende “não só pautas econômicas importantes, mas também morais”. “Ele é contra o aborto, contra a legalização das drogas e eu, como cristã conservadora, defendo isso.”

(…)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.