EFEITO IBOPE: Haddad cresceu em todos os estados da federação e é favorito para 2018

0

Entre os dias 17 e 21 de setembro o Ibope divulgou, além das pesquisas para os governos dos estados e Senado, estudos sobre as intenções de voto para a presidência em cada uma das unidades da federação. O último levantamento apontou, em comparação com a série histórica, que o candidato Fernando Haddad (PT) foi o candidato que mais cresceu e o único que aumentou sua porcentagem de intenções de voto acima da margem de erro em todos os estados do país, além do Distrito Federal.

Jair Bolsonaro (PSL), que vem liderando as pesquisas, apenas oscilou dentro da margem de erro, assim como os demais candidatos – com exceção de Marina Silva (Rede), que foi a que mais apresentou queda para além da margem de erro.

Até o momento, Bolsonaro lidera a corrida presidencial no Distrito Federal e em 13 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo. Fernando Haddad, por sua vez, lidera em 7 estados: Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Sergipe, Maranhão, Paraíba e Bahia.

Continua depois da Publicidade

Em alguns estados o candidato do PT, depois que foi apresentado como o cabeça de chapa, substituindo o ex-presidente Lula, subiu mais de vinte pontos entre agosto e setembro. No Maranhão, por exemplo, Haddad tinha 4% no levantamento de agosto e foi para 36% na pesquisa de setembro. Foi o que aconteceu em quase todos os estados do Nordeste. Em outras unidades da federação que Haddad ainda não lidera, ele foi o candidato que mais apresentou crescimento.

A íntegra da série histórica do Ibope nos estados está disponível nesta matéria do G1, site da emissora que contratou os últimos levantamentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.