Entre as mulheres, Haddad já vence Bolsonaro no segundo turno: 44% a 38%

0

Nas simulações de primeiro e segundo turno feitas pela pesquisa FSB/BTG-Pactual, bem como nos cenários de voto espontâneo e/ou estimulado, Fernando Haddad (PT) vai ganhando espaço em todos os segmentos eleitorais, mas é entre as mulheres que seu crescimento é mais significativo. Em um eventual segundo turno contra Bolsonaro, Haddad vence por 44% a 38%.

A candidatura de Fernando Haddad vai conquistando espaço entre as mulheres por razões históricas e conjunturais – uma vez que o segmento busca por mais direitos e se perfila às demandas postas por partidos mais progressistas, em linhas gerais. Mas a candidatura do petista também se favorece de movimentos recém organizados pelas redes sociais, como o #elenão, conduzido e idealizado apenas por mulheres.

A adesão a Haddad por mulheres nas redes sociais também chama a atenção: Haddad é o único candidato – dentre todos – que tem mais mulheres do que homens como seguidores: 54%. Para se ter uma ideia, Marina Silva tem 68% de homens em seu conjunto de seguidores de redes sociais, segundo a consultoria Spark.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.