Nassif: apertem os cintos, o presidente do STF sumiu

0

“A decisão de Luiz Fux, de impor censura prévia à Folha, permite duas conclusões adicionais – além da comprovação de que o Supremo não respeita a constituição”, diz o jornalista Luis Nassif, acrescentando ser “evidente que a decisão de Fux foi feita em combinação com o presidente do STF, Dias Toffoli”. “Fux é um Ministro que não tem o menor pudor de infringir regras morais tácitas. Mas não arriscaria um lance de tal gravidade se não houvesse a garantia de que não seria desautorizado por Toffoli, ainda mais este estando no país”, continua.

Segundo o jornalista,”Fux também não ousaria em investir contra dois dos pilares da imprensa livre – o direito à informação e a proibição da censura prévia – sem ter a garantia de que seria blindado. E nada melhor do que João Roberto Marinho, seu amigo de infância e presidente da Globo”, afirma. “Amanheceu domingo sem que nenhum jornal, nem a própria Folha, publicasse um editorial de condenação ao mais grave atentado à liberdade de informação desde o fim do regime militar”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.