“De junho para cá Haddad cresceu 11 pontos e Bolsonaro caiu 11 pontos”, diz cientista político sobre pesquisas

0

Do cientista político Alberto Carlos Almeida, autor do livro “A Cabeça do Eleitor”, no Twitter:

Segue o segundo turno entre Haddad e Bolsonaro. Todos os dados são Datafolha com exceção de um que é Ibope. A tendência é clara. De junho para cá Haddad cresceu 11 pontos e Bolsonaro caiu 11 pontos.

Note uma coisa: sempre considerando os dados do Datfolha, do primeiro para o segundo turno o Bolsonaro cresce somente 10 pontos percentuais, de 28 para 38, e ele já está em campanha faz anos. O Haddad está em campanha há 20 dias, e ele cresce do primeiro para o segundo turno 23 pontos percentuais. Ele dobra a intenção de voto. Evidentemente a rejeição do Bolsonaro é um fator importantíssimo para que esse fenômeno ocorra, e a rejeição – já muito elevada – poderá vir a aumentar mais depois do 29/9.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.