PALHAÇADA PURA! Palocci diz que “pelo menos” 900 MPs tiveram propina, mas governos Lula e Dilma editaram 623

0

Em seu acordo de delação premiada, cujo sigilo foi levantado por Sergio Moro, Antonio Palocci disse estimar que das cerca de mil MPs (medidas provisórias) editadas nos quatro governos do PT, em pelo menos 900 houve cobrança de propina. As acusações envolvem as gestões de Lula e Dilma Rousseff.

Com o acordo, Palocci pode ter sua pena reduzida em até dois terços nos processos em que é réu na Justiça Federal do Paraná.

A conta não fecha. Diz o UOL:

Levantamento feito pelo UOL no site do Planalto que cataloga todas as leis editadas pelo governo federal registra 623 medidas provisórias publicadas pelos governos Lula e Dilma Rousseff (PT). A série começa com a Medida Provisória 103, de 1º de janeiro de 2003 e segue até a Medida Provisória 725, publicada em 11 de maio de 2016, um dia antes de Dilma ser afastada do cargo por decisão do Senado Federal no processo de impeachment.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.