ENTREVISTA DE BOLSONARO NA RECORD É CRIME ELEITORAL; CONFIRA!

0

O candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bolsonaro (PSL), pode ser acusado de praticar crime eleitoral, ao se recusar de participar do debate da Globo nesta noite, e dar entrevista à Rede Record, do bispo Edir Macedo.

“Ao mesmo tempo, o Jornal da Record prepara uma série de reportagens para atacar ao PT. Antigos supostos escândalos serão revirados e novos personagens, que teriam relação com a campanha de Haddad, serão incluídos. Uma concessão publica não pode fazer isso. Ela tem que obrigatoriamente abrir espaço semelhante para todos os candidatos”, diz o jornalisa Renato Rovai.

“Em não fazendo isso, descumpre a legislação eleitoral e abre espaço para que seja pedida a suspensão da sua transmissão. É urgente que advogados do campo democrático se mobilizem para uma avalanche de ações contra a Record”, diz ele.

Continua depois da Publicidade

A candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB), também denunciou o crime eleitoral de Bolsonaro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.