PERSEGUIÇÃO NÃO PARA: Fiscal pede para eleitora de Haddad tirar adesivo de Lula no momento que ela foi votar

0

O DCM recebeu o seguinte relato de uma eleitora de Haddad nos Jardins, em São Paulo:

Fui votar agora e, quando tava na fila, um fiscal veio falar que recebeu uma denúncia e que eu teria que tirar meu adesivo porque Lula não é candidato.

Falei que justamente por não ser candidato não tinha nada demais. Disse que ele estava sendo antidemocrático. Foi nessa hora que o fiscal afirmou que só tava tentando arrumar um meio termo já que um senhor tinha me denunciado pra polícia.

Continua depois da Publicidade

Pediu para eu tirar o adesivo “amigavelmente”.

Tirei, falei que não queria confusão e que só ganham no tapetão mesmo. Estou me sentindo tão insegura e impotente como nunca me senti antes nessa eleição.

Tô arrasada com essa amostra grátis de repressão.

No dia 5 de outubro, o TSE afirmou que eleitores podem usar camisas de candidatos no dia da eleição.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.