LEI DO RETORNO? Magno Malta foi derrotado por candidato assumidamente gay

0

O Conversa Afiada publicou, ainda na noite do domingo 7/X, uma lista preliminar dos principais ganhadores e perdedores das Eleições.

Nesta segunda-feira, a TV Afiada foi além.

Mas, não é possível falar dos grandes perdedores sem prestar uma singela homenagem ao Magno Malta, aquele senador do gênero falso moralista que sai por aí a fazer gravíssimas acusações falsas.

Malta era o candidato de Bolsonaro ao Senado pelo Espírito Sаnto.

Ele sempre lutou CONTRA os direitos das pessoas LGBT.

Em 2015, disse, do púlpito do plenário do Senado: “fui eleito pelos que acreditam em família nos moldes de Deus, macho e fêmea. Fora isso é anomalia”.

A maravilhosa notícia é que, em 2018, ele perdeu a reeleição para o Senado para Fabiano Contarato, da Rede, o primeiro senador assumidamente homossexual do Brasil.

Contarato teve 31% dos votos.

Malta, 17%.

A segunda vaga ficou com Marcos do Val, do PPS, que teve 24% dos votos.

Outro perdedor que merece menção honrosa no Espírito Sаnto é Ricardo Ferraço, do PSDB, que conseguiu ter menos votos que Malta: 13%.

Ferraço é o Rui Barbosa de Guarapari… Ele, golpista da primeira hora, tem uma retórica tão pedante e engordurada quanto oca. Como diz a linguagem do Príncipe da Privataria: cheia de colesterol.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.