Noblat denuncia campanha de perseguição da Record e Band contra Haddad

0

O colunista do Jornal O Globo afirma que “ordens dos mais altos escalões das TVs Record e Bandeirantes foram dadas para que o jornalismo das duas emissoras produzam reportagens contra Fernando Haddad, candidato do PT à presidência da República, e demais políticos de outros partidos que se aliem a ele”.

“É de desolução, de revolta e, em alguns casos, até de choro o clima no jornalismo das duas emissoras. Ciro Gomes, ex-candidato do PDT, será um dos primeiros alvos de tais reportagens”, escreveu ele no Twitter.

Na última quinta-feira (4), enquanto ocorria o debate entre os presidenciáveis na Rede Globo, Jair Bolsonaro (PSL) concedia entrevista à Record. A emissora fechou a agenda da continuidade do golpe, marcada pela estagnação econômica e por profundos retrocessos sociais.

Continua depois da Publicidade

Ordens dos mais asltos escalões das TVs Record e Bandeirantes foram dadas para que o jornalismo das duas emissoras produzam reportagens contra Fernando Haddad, candidato do PT à presidência da República, e demais políticos de outros partidos que se aliem a ele. (1)

— Blog do Noblat (@BlogdoNoblat) 10 de outubro de 2018
É de desolução, de revolta e, em alguns casos, até de choro o clima no jornalismo das duas emissoras. Ciro Gomes, ex-candidato do PDT, será um dos primeiros alvos de tais reportagens. (2)

— Blog do Noblat (@BlogdoNoblat) 10 de outubro de 2018

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.