“Morte aos gays e lésbicas”, diz pichação pró-Bolsonaro em cursinho

0

“#Bolsomito17. Morte aos negros, gays e lésbicas. Já está na hora desse povo morrer”. Essa é uma das frases pichadas em dois banheiros da unidade Tamandaré, em São Paulo, da rede de cursinho Anglo nesta quarta-feira (10/10).

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo. Um toalete masculino e outro feminino foram alvos alvos dos ataques. Uma funcionária da empresa garante que as expressões de ódio já foram apagadas.

A rede afirmou, por meio de nota, que usará imagens das câmeras de segurança para tentar descobrir os autores do ato. Também garantiu que “a atitude covarde e belicosa de quem opta por tal postura nos causou tristeza e indignação”.

Leia a nota na íntegra:

“Em meio às tensões que marcam a sociedade brasileira neste momento, surgiram pichações de caráter criminosamente preconceituoso em dois banheiros da unidade Tamandaré. A atitude covarde e belicosa de quem opta por tal postura nos causou tristeza e indignação. Não basta uma nota formal de repúdio às pichações: como educadores, não podemos parar por aqui e achar que esta nota esgotaria nossas responsabilidades em torno do tema. A democracia e a defesa dos Direitos Humanos exigem esforços constantes de todos nós. Sem medo e sem descanso”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.