Bolsonaro faz “afago” na equipe de Temer, “nem tudo é ruim”

0

Do Extra

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou neste sábado que nem tudo do governo de Michel Temer é ruim e não descartou a possibilidade de manter o atual presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, caso seja eleito, além de defender o fim da reeleição presidencial.

”Não sei se ele vai ser mantido, mas o que está dando certo você tem que continuar e não vou dizer que tudo está errado no governo Temer“, disse Bolsonaro a jornalistas, acrescentando que a escolha para o BC será feita junto com o economista Paulo Guedes, seu escolhido para ser ministro da Fazenda.

De acordo com reportagem da Bloomberg desta semana, Goldfajn vem se preparando para deixar o cargo no fim deste ano. O BC informou que não comentaria a notícia.
Em entrevista no Rio de Janeiro, onde gravou programas para o horário eleitoral, Bolsonaro prometeu trabalhar por uma reforma política que promove o fim da reeleição e uma redução no quadro de parlamentares.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.