PAGOU MICO! Aliado de Bolsonaro promete cortar 25 mil cargos, mas descobre que só há 23 mil

0

Em entrevista concedida nesta semana, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apontado como o possível ministro da Casa Civil caso Jair Bolsonaro (PSL) seja eleito prometeu cortar 25 mil cargos públicos no primeiro dia do novo governo. A medida, segundo ele, teria como objetivo desinchar o Estado e reduzir suas despesas.

O número supera o de cargos atuais no Poder Executivo. Dados do Ministério do Planejamento em agosto apontam que há 23.070 cargos comissionados. Informado sobre o erro, Lorenzoni mudou de ideia e disse que cortará 20 mil. “Então, pode dizer que o corte será de 20 mil. Os números exatos só conheceremos na transição”, afirmou, depois de ser corrigido.

Proposta
O deputado não informou como o corte será realizado sem que a máquina pública seja paralisada. No ano passado, uma reforma administrativa realizada pelo governo cortou mais de 4 mil posições, o que contribui para uma redução de R$ 193 milhões.

Governo conceitual
Lorenzo explica que a ideia faz parte de um pacote que será adotado caso Bolsonaro seja eleito e colocar em prática o chamado “plano de governo conceitual”. “Ele vai ser o presidente diferente e vai governar o pelo exemplo. Ele é o primeiro que vai reduzir o seu próprio poder. O plano de governo dele é conceitual”, declarou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.