MINISTRO DO TCU: Nardes pedalou propina até em mensalidade escolar

0

É com perplexidade que o Conversa Afiada suspeita que o pedaleiro Augusto Nardes possa ter sido pedalado para considerar que a Presidenta Dilma pedalou e, assim, portanto, abriu as portas para o golpe dos canalhas e canalhas.

É o que leva a concluir um colonista que acompanhou a vertiginosa carreira do banqueiro André Esteves e agora milita no Globo Overseas (empresa que tem sede na Holanda para lavar dinheiro e subornar agentes da FIFA com objetivo de ter a exclusividade para transmitir os jogos da seleção):

Pela educação dos filhos

Nas delações de Luiz Carlos Velloso, ex-subsecretário de Transportes do Rio de Janeiro, e do seu irmão Juscelino, foram apresentados como prova da propina paga a Augusto Nardes dois boletos bancários. Eram referentes às mensalidades da Escola Americana de Brasília dos filhos do ministro do TCU.

Um, de R$ 5,1 mil, e o outro no valor de R$ 5,7 mil. Isso tudo, claro, fora os depósitos em conta na corretora Advalor e dinheiro vivo entregue ao ministro, segundo os colaboradores.

Haja propina

Nardes recebeu um total R$ 2,140 milhões em propinas ao longo dos anos, de acordo com os delatores.

Só com ação aberta
E o que o TCU acha dessa delação, aliás já homologada? O que está esperando para afastar Nardes?

O tribunal decidiu que só afastará algum ministro se houver a abertura de uma ação penal. (…)
Em tempo: o ínclito pedaleiro Nardes pertence ao mesmo Partido (PP) e no mesmo Estado (Rio Grande do Sul) em que brilha de forma estridente a Ana Relho – PHA

Em tempo2: segundo os critérios parcialíssimos da Lava Jato e do futuro ministro do Supremo, o Judge Murrow, o PP é o partido que mais rouba o povo e o Erário! – PHA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.