FUJÃO ENTRA EM DESESPERO: Após Haddad “virar” em São Paulo, Bolsonaro faz live e sugere que aliados o abandonaram

0

Em transmissão ao vivo pelo Facebook na noite desta quarta-feira (24), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) fez um apelo aos parlamentares aliados que foram eleitos esse ano para que entrem na “briga” da disputa pelo Palácio do Planalto.

“A eleição não acabou ainda”, alertou Bolsonaro, depois de reclamar que tem achado “muito fraco” o engajamento daqueles que estão do seu lado, enquanto os opositores têm, segundo ele, difundido mentiras a seu respeito nas redes sociais.

O recado foi dado no dia seguinte à divulgação de pesquisa Ibope em que o candidato oscilou dois pontos para baixo, dentro da margem de erro. O presidenciável do PSL apareceu com 57% das intenções de votos válidos contra 43% de Fernando Haddad (PT), que tinha 41% no levantamento anterior.

“Eu peço ao meu pessoal, porque o pessoal da esquerda, os deputados da esquerda, estão mobilizados. O nosso pessoal, parlamentares eleitos, deixar bem claro, eu estou vendo que o engajamento está sendo muito fraco”, criticou Bolsonaro.

Em seguida, ele apontou que os 52 deputados federais eleitos do seu partido conseguiram suas vagas “em grande parte” por causa do seu trabalho como candidato a presidente da República.

“Vocês têm seus méritos também, mas vamos deixar bem claro que ninguém acreditava que um partido com oito segundos de televisão e sem fundo partidário, quase zerado, fizesse uma bancada de 52 [deputados]”, afirmou.

“Então a gente apela para os deputados e senadores para que se preocupem não com as campanhas para governador do seu estado. Eu estou vendo São Paulo. É uma briga em São Paulo”, declarou, batendo a mão na mesa repetidamente. “Em vez de brigar pelo voto para mim, fica um apoiando um candidato e um apoiando outro.”

Bolsonaro se referia ao racha aberto no PSL paulista por conta das candidaturas de João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB), apoiado pelo deputado federal e senador eleito Major Olimpio.

Oficialmente, o presidenciável se mantém neutro nas disputas estaduais do segundo turno que não têm candidatos da sua sigla, casos de Roraima, Rondônia e Santa Catarina.

Pô, vocês têm que dar uma devida resposta, pô. Pelo amor de Deus, deputados eleitos de São Paulo. O objetivo de vocês é Jair Bolsonaro. Depois é França ou Doria. Pelo amor de Deus. Uma briguinha aí que parece que vocês se elegeram por mérito próprio”

Jair Bolsonaro, candidato a presidente, em recado a aliados

“Com toda a certeza, se vocês viessem candidatos, alguns seriam eleitos. A grande maioria, não. E agora falta trabalhar com seriedade. O que está em jogo é a cadeira presidencial”, acrescentou.

Ao longo de quase 20 minutos de live, o presidenciável desmentiu casos de “fake news” que disse ser vítima e criticou o rival, Fernando Haddad, e o PT.

No final da transmissão, uma bandeira do Brasil que havia sido afixada na parede atrás da mesa à qual ele se sentou ao lado do deputado federal eleito Hélio Lopes (PSL-RJ), e de uma intérprete de libras, se desprendeu. O vereador Carlos Bolsonaro, um dos filhos do presidenciável, teve que entrar em cena e pregar novamente a peça, com fita adesiva.

CLICK POLÍTICA com informações do UOL

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.