Padre é ameaçado por bolsonarista no Paraná

0

De ODiario.com

O padre Ivanil Pereira da Silva, 57 anos, foi ameaçado por um suposto eleitor de Jair Bolsonaro, em Cianorte (a aproximadamente 60 quilômetros de Maringá), após comentários, durante a missa, sobre a importância da escolha do candidato e que os cristãos devem zelar pela vida.

O autor da ameaça gravou um áudio que foi compartilhado num grupo de WhatsApp com moradores da cidade. Na gravação o homem ofende o padre várias vezes com palavrões e chega a falar que “nós temos que pegar esse cara aí e expulsar, expurgar do nosso convívio”. E completa “sorte que eu não conheço esse vagabundo, senão queria encontrar esse (palavrão) pra fazer [sic] umas verdades pra ele..”.

O caso foi encaminhado ao Ministério Público. O promotor Sérgio Roberto Martins deve enviar a denúncia nesta segunda-feira, 15, para a Polícia Civil de Cianorte abrir investigação, a fim de identificar o autor e como a corrente da mensagem começou.

Padre Ivanil recebeu o áudio de um amigo na terça-feira (9) à noite, e, preocupado com o teor ofensivo, procurou o Ministério Público (MP) de Cianorte na quinta-feira, 11, com uma cópia da gravação. Ele também buscou orientação na Polícia Militar. Quem tem alguma informação que possa ajudar na identificação deve ligar no telefone 190 da PM em Cianorte.

(…)

O padre informou para a reportagem de O Diário que suspeita quem seja o autor da ameaça. A mensagem gravada tem 3min34 de duração. Ela começa com o homem dizendo que é católico e “se envergonha disso”. Em seguida chama o padre Ivanil de “pilantra” porque o padre estaria falando mal de Jair Bolsonaro (PSL) e que não poderia ser considerado padre. Entre as ofensas estão “bosta humana”, “malandro”, sem vergonha”, “vagabundo”, “desgraça dessa”, “marginal”, “alienado”, entre outras mais agressivas que o jornal opta por não citar aqui. O homem também ofende até a igreja Santa Rita, onde o padre atua.

O agressor ainda critica os petistas em relação à religião e passagens bíblicas. Fala de pesquisas de intenções de voto, de pedofilia na igreja, da riqueza do Vaticano e chama a população de Cianorte para dar um “basta nesse cara”, repetindo ofensas e ameaças. O autor da gravação questiona como os moradores cristãos aceitam o padre na cidade.

(…)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.