PARAÍBA COM HADDAD: 60 mil pessoas realizam a maior caminhada da história em João Pessoa

0

Apoiadores da candidatura do presidenciável Fernando Haddad (PT) se concentram em frente ao colégio Lyceu Paraibano, para sair em caminhada pelas principais ruas do Centro da Capital. De acordo com a organização, cerca de 60 mil paraibanos participaram do ato. Aos gritos de “Haddad presidente”, o petista saudou e agradeceu o carinho e empenho dos paraibanos durante caminhada até o Ponto de Cem Réis.

Haddad esteve junto com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o futuro governador João Azevêdo (PSB), a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e de outras lideranças do estado.

O governador Ricardo Coutinho diz que não dá para comparar um economista democrata, com alguém que quer dar armas à população e elogia torturas. Socialista destaca xenofobia de Bolsonaro para com os nordestinos. “Sem o Nordeste, o Brasil teria um vazio na alma”, disse. Para finalizar: “Vamos virar o jogo, e fazer Haddad Presidente”.

Já o governador eleito João Azevêdo, conclamou a população paraibana para dar a mesma vitória que lhe deram para Haddad. “Meu nome é João. Mas desde o dia 7, meu nome não é mais esse, meu passou a ser Haddad”, disse o futuro governador do Estado.

Inicialmente, Haddad agradeceu a presença e a força do povo da Paraíba. “Por acaso o povo do Nordeste vota em ‘arregão’?”, questionou. Em seguida falou sobre o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, não comparecer a debates na televisão aberta.

Haddad classificou Bolsonaro como “frouxo” por não ir aos debates, e falou que queria ver ele falando mal de mulheres, negros, gays e minorias na sua frente. Ele ainda destacou o poder da Educação para os brasileiros, e as medidas que visam mais trabalho e redução do preço do gás de cozinha.m risco”, disse Haddad.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.