SILVIO SANTOS DE OLHO NA VERBA: Em apoio a Bolsonaro, SBT resgata slogans da ditadura militar

0

O SBT passou a exibir, a partir desta terça-feira (6), uma série de vinhetas de cunho nacionalista e em alusão a ditadura militar, incluindo o resgate do slogan “Brasil, ame-o ou deixe-o”. “Pra molecada que não sabe, o slogan ‘Brasil, ame-o ou deixe-o’ era usado pelos militares para justificar a repressão aos movimentos sociais contrários a ditadura. Parece que 1964 é logo ali”, disse o jornalista e editor do Brasil 247 William De Lucca no Twitter.

Em outras vinhetas, foram inseridas imagens de pontos turísticos do Brasil acompanhados por frases como “Pra frente Brasil” e “Eu te amo, meu Brasil”, também usadas pela propaganda do regime militar. A frase “Eu te amo, meu Brasil” faz parte de uma música da dupla Dom & Ravel que foi utilizada durante muito tempo como peça de propaganda política da ditadura. A dupla também era presença constante nos palcos do programa de Sílvio Santos.

Por meio de nota, a assessoria do SBT informou que a rede “não irá se pronunciar por questões estratégicas”. Com a veiculação do slogan – uma alusão ao fato de Bolsonaro ser ex-militar e de fazer uma defesa veemente da ditadura, o SBT, que sempre foi visto como uma espécie de rede apoio junto a mídia pelos governos no poder, independentemente do partido, emite sinais de que deve apoiar o presidente eleito ao longo de seu mandato.

Além da veiculação das vinhetas, a emissora também emitiu outros sinais de apoio ao governo Bolsonaro ao convidar a mulher do presidente eleito, Michelle Bolsonaro, para participar do programa Teleton no próximo final de semana. O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito, participou de uma entrevista no programa Poder em Foco, exibido no último domingo (4).

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.