Reinaldo Azevedo: declarações de Bolsonaro são risco à economia

0

O jornalista Reinaldo Azevedo afirma que as declarações erráticas e confusas de Jair Bolsonaro vão provocando uma instabilidade inédita em mercados, relações diplomáticas e na sociedade brasileira em si. Ele diz: “declarações desastradas oriundas da nova ordem sobre China, Mercosul e embaixada brasileira em Jerusalém chamaram ao debate países que responderam por mais de 50% do superávit da balança comercial brasileira no ano passado”.

Em seu artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo, Azevedo relembra Sérgio Moro e a sequencia grotesca de declarações e pressupostos que fazem com que ambos, Moro e Bolsonaro, sejam uma espécie de garantia de caos na cena política brasileira: “não é corriqueiro que um já indicado superministro da Justiça, como Sergio Moro fez na terça, conceda uma entrevista coletiva ainda na condição de membro do Judiciário e se apresente como o certificado de garantia de que o poder ascendente ao qual servirá vai se manter no trilho do Estado de Direito. Ao soletrá-lo, constatei a inversão de hierarquia. Parecia ser ele a justificar o poder do eleito, não o contrário”.

E acrescenta: “de modo sutil, mas evidente, num encontro institucionalmente correto, o presidente de um Poder e o futuro presidente de Outro lembraram ao juiz e a seus adoradores que o eleito se chama Jair Bolsonaro. As instituições democráticas não precisam de demiurgos que as interpretem segundo sua suposta capacidade de encarnar o espírito de um tempo”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.