Gleisi diz que substituta de Moro também é suspeita para julgar Lula; CONFIRA!

0

A presidente nacional do PT, senadora e deputada federal eleita Gleisi Hoffmann (PT), afirmou nesta quarta-feira (14), que a juíza federal Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro na Operação Lava Jato, não tem “imparcialidade” para julgar o ex-presidente Lula. O petista deixou pela primeira vez a cela onde está preso há sete meses para prestar depoimento como réu no processo onde é acusado de ser dono de um sítio em Atibaia, interior de São Paulo.

“Moro tem lado. Ao tirar férias e não se exonerar do cargo de juiz, dirigiu para quem ia ficar o processo. Para a juíza substituta, sua amiga que vai fazer o que ele quiser, porque se ele se exonerasse, como manda a lei, o processo seria distribuída tecnicamente”, afirmou Gleisi, em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, cercada de manifestantes em favor de Lula.

“O que podemos esperar desse processo? De novo uma condenação do presidente Lula, sem prova, uma condenação sem a observação do processo legal. Os juízes que estão julgando (Lula) não são isentos e nem imparciais”, completou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.