IBGE: 14 estados tiveram desemprego acima da média do país no 3° trimestre

0

Quatorze estados brasileiros registraram taxa de desemprego acima da média nacional de 11,9% no terceiro trimestre deste ano, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na manhã desta quarta-feria (14).

Estados como São Paulo (13,1%), Rio (14,6%), Bahia (16,2%) e Pernambuco (16,7%) tiveram taxas que superaram a média do país, apontou a Pnad Contínua Trimestral, pesquisa de emprego de abrangência nacional do instituto. A maior desocupação está no Amapá, com 18,3% no terceiro trimestre, seguido de Sergipe (17,5%) e Alagoas (17,1%).

O desemprego ficou estável em 21 estados, mas ainda atingia em setembro deste ano 12,5 milhões de pessoas.

De julho a setembro deste ano, 27,3 milhões de pessoas integravam o contingente da subutilização da força de trabalho, indicador que agrega os desocupados, pessoas que trabalham menos de 40 horas semanais e os que tinham idade e desejo para trabalhar, mas que não podiam, por algum motivo, assumir um emprego.

No caso dos trabalhadores com carteira assinada, 74,1% deles ocupavam vagas formais no terceiro trimestre. Os menores percentuais de formalização estiveram nas regiões Nordeste (58,7% dos trabalhadores no setor privado) e Norte (60,7%). Maranhão (51,1%), Piauí (54,1%) e Paraíba (54,9%) apresentaram os menores percentuais de formalização.

As unidades federativas com os maiores percentuais são Santa Catarina (88,4%), Rio Grande do Sul (82,8%) e São Paulo (81,1%).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.