Lula diz que “todo mundo é político” na equipe de Jair Bolsonaro

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (14) durante interrogatório à juíza Gabriela Hardt que, com “raríssimas exceções”, “todo mundo é político” na equipe que está sendo montada pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sem citar diretamente o nome do pesselista.

“Não sei se as pessoas estão acompanhando a montagem do governo agora atual, quem é que está sendo colocado. Dá-se a impressão que não tem ninguém político, mas com raríssimas exceções, todo mundo ali é político”, disse Lula.

A declaração foi dada em resposta aos questionamentos sobre como se deu a escolha dos presidentes e dos diretores da Petrobras que ficaram à frente da empresa nos dois mandatos do petista.

Lula afirmou que a nomeação é “como é hoje” e que as indicações dos nomes no seu governo eram feitas pelo “conjunto de forças políticas” que o ajudaram a se eleger. O petista explicou que o nome indicado passava pela Casa Civil e era investigado pelo Gabinete Institucional, “que faz investigação, se tem prontuário, denúncia, se tem qualquer coisa que não signifique boa conduta”, disse. “Quando volta ao presidente, ele encaminha isso ao Conselho [de Administração] da Petrobras, que tem autonomia e autoridade, segundo o decreto, de indicar as pessoas”.

CLICK POLÍTICA com informações de UOL

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.