ACREDITE SE QUISER: Juiz aceita denúncia contra Haddad, mesmo reconhecendo que não existem provas; Saiba!

0

Segundo publicação do G1, Fernando Haddad virou réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, após o juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, aceitar a denúncia proposta pelo promotor Marcelo Mendroni, do Gedec, Grupo Especial de Delitos Econômicos.

A denúncia do Ministério Público partiu de delações feitas na Operação Lava Jato. O MP também fez denúncia do crime de formação de quadrilha, mas este trecho da acusação não foi aceito pela Justiça.

De acordo com a denúncia, entre abril e maio de 2013, Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da empreiteira UTC Engenharia S/A, recebeu um pedido de João Vaccari Neto, então tesoureiro nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), da quantia de R$ 3 milhões.

O valor serviria para o pagamento de uma dívida de campanha do então recém-eleito prefeito de São Paulo Fernando Haddad, contraída com gráfica que pertencia a ex-deputado estadual do PT. Nestas condições, João Vaccari Neto, segundo a acusação, representava e falava em nome de Fernando Haddad.

.x.x.x.x.

O MP afirma que um esquema foi montado de modo que parte do dinheiro de uma “conta de caixa dois” que a empreiteira UTC Engenharia S/A detinha junto com o doleiro Alberto Youssef era usada para pagamento a gráficas.

O juiz Leonardo Barreiros reconhece que “não há na denúncia a indicação de uma to de ofício [ligando Haddad com o suposto esquema]”. Ainda assim, afirma que tribunais Superiores têm aceitado as denúncias sem a “exigência da prática de um ato de ofício praticado pelo servidor”.

É a escola da Lava Jato, que consagrou o processo (no caso de Lula, também a condenação) por atos indeterminados.

Não há prova, mas há convicção.

É o fim do Direito.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.
Clique aqui e assine nosso canal no youtube

×
MIDIA KIT EXPEDIENTE FALE CONOSCO Sobre nós Panorama Mundial da Internet DCM é um parceiro do IG ÚLTIMO SEGUNDO
©

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.