‘Quebrou o pau’ em Paris neste sábado contra o aumento do diesel

0

Paris viveu neste sábado (24) mais um dia de intensos protestos populares contra o aumento dos preços do diesel, o combustível mais usado pelos franceses sofreu sucessivos reajustes de preços, atingindo em 12 meses a marca de 23%. Os manifestantes se reuniram na Champs-Élysées com o objetivo de chegar até o palácio presidencial. Cartazes pediam a renúncia do presidente Macron.

A resposta do governo foi ordenar uma violenta repressão contra os manifestantes, o que gerou uma revolta com incêndios de veículos, depredações e até barricadas foram levantadas em diversos quarteirões do centro da cidade.

Os chamados “coletes amarelos”, em conjunto com a Confederação Geral do Trabalho (CGT), convocaram uma nova manifestação para o próximo sábado, 1º de dezembro. Os protestos já duram uma semana em todo o país e colocam em xeque a política anti-popular de Emmanuel Macron.

CLICK POLÍTICA com informações de Esmael Morais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.