FUNDO DO POÇO: Após calote da Abril, ex-funcionários impedem distribuição da Veja

0

Uma barreira humana na Gráfica da Abril impediu nesta sexta-feira (23) a saída de 200 mil exemplares de Veja. Os três portões ficaram sob o controle dos demitidos que tomaram calote da Abril. Das 6h às 9h, foram impedidos de deixar o pátio caminhões, vans e carros que levariam a revista para anunciantes, assinantes, bancas e supermercados de todas as regiões do país.

“Estas 3 horas são mais um aviso aos Civita, que controlam o grupo: vocês não podem continuar se negando a pagar os profissionais que jogaram na rua. Verba rescisória é verba alimentar. Fica mais barato pôr a mão no bolso e pagar o que devem aos empregados que fizeram a fortuna da família de vocês.”, diz um texto que foi postado na página de Facebook chamada “Abril com fome”.

Em agosto, a Abril demitiu mais de 800 funcionários antes de ingressar com um pedido de recuperação judicial.

CLICK POLÍTICA com informações de Nocaute

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.