Sheherazade párte pra cima de militares e discute com eleitores de Bolsonaro

0

Raquel Sheherazade diz que “junta militar de 64 foi criminosa” e bate boca com bolsominions no Twitter:

A junta militar de 64 foi criminosa. usurpou o poder, sequestrou opositores, torturou, matou, fechou o Congresso e outras “cositas mas”.

Mas, tenho fé. Pode ser um novo momento político, onde as pessoas valorizem + a liberdade e a democracia e saibam defende-las do autoritarismo

— Rachel Sheherazade (@RachelSherazade) November 28, 2018

Não preciso ser uma torturada de 64 para me solidarizar com as vítimas e familias dos perseguidos, dos mortos e torturados. Negar o terror de 64 é ser conivente com todos os crimes cometidos. Assinamos a lei da anistia, mas não a do esquecimento.

— Rachel Sheherazade (@RachelSherazade) November 28, 2018

Claro que sim. tudo o que é bom deve ser ressaltado, como por exemplo, a nomeação do Sergio MOro. mas, criticas virão. pode esperar. uma coisa é o que se diz no palanque, em busca de voto, outra coisa é o que se faz no Poder. vamos ver

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.