MEDO DOS SEUS GENERAIS? Bolsonaro diz que “muita gente deseja a sua morte”

0

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) comentou nesta quinta-feira, 29, o tweet do seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), de que a morte de seu pai “não somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto”

“Minha morte interessa a muita gente”, disse o militar reformado. Questionado sobre o que seu filho queria dizer com “estão muito perto”, Bolsonaro desconversou. “Quando eu recebi a facada estava muito próximo de mim o elemento”, comentou.

Bolsonaro voltou a atacar a esquerda ao relembrar o episódio que sofreu ataque a faca perpetrado por Adélio Bispo de Oliveira. “Recentemente era filiado ao PSOL. E houve o caso do outro que tentou entrar no Congresso com a identidade dele”, apontou. “No meu entender a investigação está muito fácil de ser concluída”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.