Andrea, cérebro dos irmãos Neves, é alvo da PF de novo

Andrea Neves Cunha, cérebro dos irmãos Neves, também foi alvo de busca e apreensão por parte da Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (11), em sua residência localizada em Brumadinho, na grande Belo Horizonte. A procura de documentos faz parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões ao senador.

No entanto, não é a primeira vez que Andrea é envolvida em esquemas ilícitos. Ela foi presa, no dia 18 de maio, acusada de intermediar um encontro entre Aécio e Joesley Batista no início deste ano, ocasião em que o tucano foi gravado solicitando uma ajuda de R$ 2 milhões ao empresário para custear sua defesa em processos da Lava-Jato.

- Publicidade -

No dia 20 de junho, a primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu remover a prisão preventiva e aplicar a prisão domiciliar.

Então, no dia 7 de dezembro, o juiz Marco Aurélio Mello (STF) soltou Andréa Neves. O ministro do STF retirou também as outras medidas cautelares, como o uso de tornozeleira, a proibição de sair do país, a entrega do passaporte e a restrição de contato com os investigados, como Aécio Neves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.