Atolado em processos, Frota tranca perfil no Twitter

0

Atolado em processos judiciais, o deputado federal eleito Alexandre Frota — ator pornô, segundo Merval Pereira — resolveu proteger sua conta no Twitter, onde vive se enterrando.

Quando os tuítes estão protegidos, todos os seguidores precisam passar por uma aprovação. A coisa funciona mais ou menos como aprovar amigos e colegas no Facebook ou no LinkedIn.

Além disso, ficam visíveis para seguidores autorizados e não aparecem em mecanismos de busca.

Recentemente, Frota foi condenado por injúria e difamação por espalhar fake news contra Jean Wyllys (PSOL-RJ), a quem atribuiu a frase “a pedofilia é uma prática normal em diversas espécies de animal (sic), anormal é o seu preconceito”.

Na quinta-feira, dia 27, publicou o print de um perfil fake da atriz Robertha Portella fazendo ameaças contra a sua esposa grávida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.