TEMPOS ESQUISITOS: RENAN CALHEIROS RETIRA CANDIDATURA ACUSANDO FRAUDE EM NOVA VOTAÇÃO

0

O senador Renan Calheiros acabou de abandonar sua candidatura a presidente do Senado. Decisão foi anunciada por ele após diversos senadores abrirem os seus votos na segunda votação para a Mesa Diretora da Casa.

“Este processo não é democrático”, disse Renan, que após citar a decisão da bancada do PSDB de anunciar os votos, bem como do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que anunciou voto em Davi Alcolumbre (DEM-AP).

“Se eles podem tudo, sou eu que vou ser contra a Constituição? Não sou candidato, para defender a democracia e o interesse do Brasil”, disse Renan. “Eles querem ganhar de qualquer jeito. Mas eu não sou Jean Wyllys. Eu não vou renunciar ao meu mandato”, acrescentou.

Agora, são cinco senadores que concorrem à Presidência do Senado: Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Espiridião Amin (PP-SC), Fernando Collor (Pros-AL), e Reguffe (sem partido-DF).

Após questionamentos por uma terceira votação, o presidente da sessão, José Maranhão, determinou o prosseguimento da eleição.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.