Renan acusa jornalista de assédio e envolve Simone Tebet indiretamente no rolo; SAIBA!

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) provocou um “barraco” nas redes sociais, neste domingo (3), um dia após sair derrotado da eleição para a presidência do Senado, que ficou nas mãos de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Em sua conta no Twitter, o emedebista publicou uma mensagem curiosa, na qual expõe supostos detalhes da intimidade da jornalista Dora Kramer, além de citar o ex-ministro Geddel Vieira de Lima, que está preso, e o ex-senador Ramez Tebet, que faleceu em 2006.

- Publicidade -

sou arrogante. Não sou. Sou casado e por isso sempre fugi do seu assédio. Ora, seu marido era meu assessor, e preferi encorajar Geddel e Ramez, que chegou a colocar um membro mecânico para namorá-la. Não foi presunção. Foi fidelidade”, escreveu Renan Calheiros.

A @DoraKramer (Veja) acha que sou arrogante. Não sou. Sou casado e por isso sempre fugi do seu assédio. Ora, seu marido era meu assessor, e preferi encorajar Geddel e Ramez, que chegou a colocar um membro mecânico para namorá-la. Não foi presunção. Foi fidelidade.

— Renan Calheiros (@renancalheiros) February 4, 2019.

Ao que tudo indica, a publicação de Renan foi uma resposta ao artigo publicado por Kramer na manhã deste domingo (3), em sua coluna na revista “Veja”. A jornalista disse que o senador emedebista foi “derrotado pela própria arrogância” e afirmou também que ele “tombou vítima de uma série de manobras que já havia aplicado quando no poder e que dessa vez foram adotadas contra ele”.

Além de constranger a jornalista citada, a mensagem de Renan pode causar constragimento para a senadora Simone Tebet, filha de Ramez. Ela foi adversária de Calheiros dentro do MDB, pela candidatura à presidência do Senado, e depois declarou apoio ao vitorioso Davi Alcolumbre, irritando o correligionário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.