ALERTA! Globo mantém seu jornalismo de guerra contra Maduro, mas pode se dar mal

O jornalismo da Globo tenta “plantar o terror” na Venezuela. Seus executivos querem jogar o mundo contra o Presidente Nicolás Maduro.

Há quem diga que até um acordo foi realizado com o Palácio do Planalto.

- Publicidade -

Com isso, as denúncias contra os milicianos do Rio de Janeiro passam despercebidos pelo telespectador.
Porém, em caso de guerra, a emissora carioca pode sofrer duras penalidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui