Início Mundo Justiça do Texas executa segundo supremacista branco que participou de assassinato em 1998

Justiça do Texas executa segundo supremacista branco que participou de assassinato em 1998

por Portal Click Política




Ele e mais dois comparsas arrastaram um homem por quase 5 km amarrado em um caminhão. Justiça apontou motivações racistas para o crime. John William King, supremacista branco executado nesta quarta-feira (24) no Texas
Texas Department of Criminal Justice via AP
A Justiça do Texas (Estados Unidos) executou nesta quarta-feira (24) John William King, um dos assassinos de James Byrd Jr. em 1998. Ele foi o segundo a receber a pena de morte pelo crime, que, segundo os promotores norte-americanos, teve motivações racistas.
Byrd Jr., um homem negro, havia pedido carona no caminhão onde estava King e outras duas pessoas para voltar para casa. Em seguida, os três espancaram a vítima, amarraram na parte de trás do caminhão e o arrastaram por quase cinco quilômetros.
Um dos outros assassinos, Lawrence Brewer, também foi executado em 2011. O terceiro envolvido, Shawn Berry, está em prisão perpétua. O Texas é um dos 30 estados norte-americanos que adotam a pena de morte.
Crime racista
Manifestante usa cartaz com foto de James Byrd Jr., assassinado em 1998, em protesto em 2011
David J. Phillip/AP Photo
A Justiça norte-americana considera o caso motivado por preconceito racial. Segundo o jornal “Texas Tribune”, King fazia parte de um grupo de supremacistas brancos quando esteve preso na década de 1990.
King se declarava inocente, mas a Justiça obteve uma carta endereçada a outro criminoso em que o assassino comemora o crime.
O assassinato de Byrd Jr. chocou os Estados Unidos, e artistas norte-americanos compareceram ao funeral da vítima. O crime, inclusive, levou o Congresso dos EUA a aprovar em 2009 uma lei contra crime de ódios que leva o nome de Byrd Jr.

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar