Juan Guaidó convoca novos protestos na Venezuela: ‘Maduro não tem respeito das Forças Armadas’




Juan Guaidó usa megafone para falar a multidão de cima de um carro em Caracas, após convocar o povo às ruas contra Maduro
Carlos Garcia Rawlins/Reuters
O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, convocou mais protestos no país para esta quarta-feira (1º), Dia do Trabalhador. Em mensagem divulgada nas redes sociais, o líder oposicionista reiterou que Nicolás Maduro “não tem o respaldo nem o respeito das Forças Armadas”.
“Hoje, há possibilidade de uma rebelião pacífica contra um tirano que se fecha por medo da nossa gente”, declarou Guaidó.
Initial plugin text
Guaidó liderou, nesta terça-feira, uma marcha próximo à base de La Carlota, em Caracas. Lá, ele afirmou que havia conquistado o apoio das lideranças militares da Venezuela – o que foi contestado pelo regime de Maduro. Houve confrontos na rua da capital, e dezenas de pessoas ficaram feridas.
Reportagem em atualização

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui