Ex-presidente americano Jimmy Carter cai ao caçar perus e passa por cirurgia




Carter, de 94 anos, passa bem e descansa após a cirurgia, realizada no Phoebe Sumter Medical Center, na Geórgia. O ex-presidente dos EUA Jimmy Carter
AP Photo
O ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter (1977-1981) se recupera de uma cirurgia no quadril realizada de forma emergencial após um acidente em sua casa, na cidade de Plains, na Geórgia, informou nesta segunda-feira (13) sua fundação.
“Enquanto saía para caçar perus na manhã de hoje, o ex-presidente Jimmy Carter caiu na sua casa em Plains, na Geórgia”, afirmou o Carter Center em comunicado divulgado no Twitter.
Initial plugin text
Carter, de 94 anos, o ex-presidente mais velho da história dos Estados Unidos, passa bem e descansa após a cirurgia, realizada no Phoebe Sumter Medical Center, também no estado da Geórgia.
“A sua cirurgia foi bem-sucedida”, acrescentou a nota, que precisa que a sua esposa, Rosalyn, o acompanha.
“A cirurgia foi bem-sucedida. O presidente disse que sua maior preocupação é que a temporada de perus termina nesta semana e ele não atingiu o limite”, brincou o Carter Center no comunicado.
Em mensagem através do Twitter, o atual presidente dos EUA, Donald Trump, desejou a Carter uma “rápida recuperação”.
“Desejando ao ex-presidente Jimmy Carter uma rápida recuperação de sua cirurgia no quadril hoje. Ele estava bem animado quando nos falamos no mês passado. Ele vai ficar bem!”, disse Trump.
Initial plugin text
Em 2015, o ex-presidente anunciou que tinha quatro tumores no cérebro. Depois de seis meses de radioterapia e uso de remédios experimentais, Carter conseguiu se livrar do câncer.
Vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 2002, o ex-presidente continua em atividade e deve participar em outubro de um projeto de construção de imóveis para pessoas de baixa renda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.