Homem que escalou a Torre Eiffel é internado em unidade psiquiátrica




Fontes disseram à AFP que o homem tem nacionalidade russa. Monumento reabriu nesta terça-feira. Um alpinista integrante de uma equipe de resgate, de vermelho, desce pela estrutura da Torre Eiffel, em Paris, para resgatar um homem que escalou a torre e está entre duas colunas de ferro. O local foi fechado para visitantes por causa do incidente
Michel Euler/AP
O homem que escalou a Torre Eiffel, em Paris, foi internado em uma unidade psiquiátrica ainda na segunda-feira (20). Uma fonte disse à agência France Presse que ele tem nacionalidade russa.
Por causa do incidente, o monumento – um dos principais símbolos da França – precisou ser esvaziado e fechado. O homem passou seis horas agarrado à estrutura externa da torre metálica construída em 1889.
A identidade do homem não foi revelada. Após ser interrogado pela polícia, foi levado a uma unidade psiquiátrica sob controle policial, segundo informou à AFP a fonte.
Homem foi visto escalando a Torre Eiffel
Reuters/Charles Platiau
Uma investigação foi aberta para apurar as circunstâncias da entrada não autorizada no monumento, de acordo com a mesma fonte.
“É um russo com tendências suicidas”, declarou outra fonte próxima ao caso, que pediu anonimato.
Os bombeiros, que desceram da plataforma de observação no terceiro piso da torre até muito perto do escalador, conseguiram persuadi-lo.
Cerca de 2,5 mil pessoas que visitavam a torre tiveram que deixar a Torre Eiffel, que abriu normalmente nesta terça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.