Moro vai depor ao Senado sobre conluio com Dallagnol para condenar Lula e fraudar democracia

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Justiça, prestará depoimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado sobre o escândalo revelado pelo The Intercept, de que ele, enquanto juiz, atuou coordenando a acusação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o depoimento de Moro à CCJ foi marcado para a próxima quarta-feira, 19. “Ele escreveu uma carta se colocando à disposição e nós aceitamos ouvi-lo na próxima semana”, diz o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

- Publicidade -

A parcialidade do julgamento dele nos casos da operação passou a ser questionada. A lei exige que o magistrado mantenha distância tanto da defesa quanto da acusação em processos de qualquer natureza.

Nesta terça-feira, 11, Moro esteve no Senado. Sua presença surpresa no local causou tensão nos corredores; ao deixar o gabinete do bloco, ele ouviu gritos de “juiz corrupto” e “qual é o seu partido, Moro?”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.