PEGO NO PULO! Conselho Nacional do Ministério Público deve reabri investigação contra Dallagnol

Coluna Painel da Folha:

Quem ri por último? Integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público estão determinados a recorrer da decisão na qual o corregedor do órgão arquivou pedido para investigar a conduta do coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. A apuração havia sido solicitada por quatro membros do CNMP. A única dúvida agora é quando o recurso será apresentado ao plenário do colegiado. O mais provável é que o instrumento seja acionado na volta do recesso do Judiciário, em agosto.

- Publicidade -

Dono do carimbo A intenção é a de o pedido de revisão do arquivamento da apuração contra Deltan seja protagonizado por um dos integrantes do CNMP cuja indicação coube à Ordem dos Advogados do Brasil.

Sem demora O corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, arquivou a investigação contra Dallagnol na quinta-feira (27). O procedimento foi aberto após a divulgação pelo The Intercept das primeiras mensagens trocadas por integrantes da força-tarefa e o ex-juiz Sergio Moro.

Senhor de tudo Nesse sentido, aguardar o fim do recesso do Judiciário é estratégico para a ala que busca aprofundar as apurações sobre os métodos da Lava Jato. Como os desdobramentos do caso têm se dado a conta-gotas, o prazo até agosto abre margem para o surgimento de novos diálogos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.