Início Brasil “É um aparato do estado contra um homem de 73 anos”, diz Lula que desafia Sérgio Moro

“É um aparato do estado contra um homem de 73 anos”, diz Lula que desafia Sérgio Moro

por Portal Click Política

O ex-presidente Lula defendeu o afastamento do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em decorrência dos vazamentos das conversas entre ele, ainda na época em que era juiz da Lava Jato, e procuradores da força-tarefa da Operação no Ministério Público.

Em entrevista ao site Sul 21, Lula disse que “Moro deveria mostrar que é um homem decente entregando para a Polícia Federal, que está subordinada a ele, o celular dele. O Dallagnol também”. Os dois insistem na narrativa de que os vazamentos do site The Intercept são fruto de uma invasão hacker em seus celulares e outras autoridades.

“Moro poderia, enquanto está sob suspeita, se afastar do Ministério da Justiça, e não ficar se escondendo atrás do cargo como se fosse uma criança que de vez em quando tem que ficar passando a mão na cabeça dele para encorajá-lo”, disse ainda o ex-presidente Lula.

“Se ele mentiu, ele tem que ter coragem de assumir. É só isso”, completou. A entrevista foi concedida ao jornalista Marco Weissheimer, repórter do site gaúcho, na manhã desta quarta-feira 3. Um trecho de dez minutos foi publicado no canal do Sul 21 no YouTube (assista abaixo).

Lula fez ainda outras críticas a Moro. “Um juiz não combate a corrupção, quem combate a corrupção é a polícia. A polícia combate a corrupção, o Ministério Público acusa e o juiz apenas julga. E o juiz não deve julgar com base na cara do réu, deve julgar com base nas informações que ele tem nos autos do processo”, disse.

“E eu não estou falando do conjunto da Lava Jato, porque quem praticou qualquer malversasão do patrimônio público tem que estar preso”, ponderou.

“Eles agora tentam salvaguardar o comportamento do Moro e da força-tarefa acusando os que são contra eles de favoráveis à corrupção”, analisou Lula.

“O dado concreto é que eu estou falando do meu caso. E no meu caso eu posso olhar para você como se estivesse olhando para o Moro e dizer ‘Moro, você é mentiroso. Dallagnol, você é mentiroso’. E os delegados que fizeram o inquérito são mentirosos”, apontou.

“Eu sei que é duro, é difícil falar isso. Porque é a minha briga, um senhor de 73 anos de idade contra o aparato do Estado: Receita Federal, Polícia Federal, Ministério Público e uma parte do Poder Judiciário”, declarou ainda.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar